De tempos em tempos, todos nós sentimos vontade de dar uma repaginada no visual da nossa residência. Quer seja pintando um cômodo específico ou todo o ambiente, mas muitos proprietários encaram essa tarefa como um bicho de sete cabeças. Por haver muitos detalhes que devem ser observados, caso algo saia errado, o resultado pode ser uma série de transtornos que transforma o sonho da mudança em um pesadelo sem fim.

Mas acalme-se! Se quer deixar sua casa do jeito que você sempre sonhou, não se preocupe, pois nosso post especial de hoje te dará 6 dicas de como evitar transtornos quando o assunto é reformas e pintura. Acompanhe conosco a seguir e veja que isso pode ser mais simples do que você imagina seguindo os processos adequados!

Planeje

Essa é uma dica que vale ouro: planejamento! Muitos serviços relacionados às pinturas e reformas podem ter muitas surpresas desagradáveis para os proprietários. Por isso, ter um plano que prevê a execução de cada etapa da obra é fundamental.

Para um excelente planejamento, coloque todas as suas ideias no papel. Defina o que será reformado, ou seja, se é um cômodo específico ou toda a casa.

Da mesma forma, é imprescindível saber qual o valor máximo a ser investido para sua empreitada e quanto tempo será dedicado para finalizar cada serviço. Também não se esqueça de planejar a mão de obra usada durante o trabalho.

Faça uso de materiais de qualidade

Tenha muito cuidado na hora de comprar um material. Se você tiver matéria-prima insuficiente ou de baixa qualidade, o serviço contratado e o resultado final estarão comprometidos. Em primeiro lugar, com a falta de materiais de construção, sua reforma irá atrasar e você terá que comprar outros produtos diferentes daqueles que foram usados, caso algum deles tenha saído de linha, ou esteja em falta, por exemplo.

Em segundo lugar, materiais de baixa qualidade comprometem a execução dos serviços. Tintas de segunda linha podem não dar a homogeneidade da pintura, precisando de mais mãos de tinta ou trocar todo o produto, demandando ainda mais tempo e dinheiro.

Monitore

O monitoramento do empreendimento garante qualidade da reforma e certifica se tudo está saindo como você planejou. Por isso, é fundamental verificar como está o andamento da obra, instruir os funcionários contratados e controlar uma etapa por vez.

Tenha foco em cada etapa

Não tenha pressa na sua reforma. A pressa faz com que os trabalhos sejam mal feitos, demandando que eles sejam refeitos na posteridade.

Só avance uma fase quando a anterior estiver totalmente concluída e bem feita. E no final, saiba o que fazer com as sobras de material de reforma ou pintura.

Dê um destino ao seu entulho

A destinação correta do que sobrou após sua empreitada evita dores de cabeça com os vizinhos e mantém a higiene no seu lar. Uma sugestão para o retiro do entulho é contratar uma caçamba para armazená-lo no caso de muitos restos ou término de uma etapa ou toda obra.

Caso tenha pouco material para ser descartado, é interessante solicitar à prefeitura de seu município para recolher os restos materiais. Consulte o regulamento da sua cidade e veja se esta opção é possível.

Garanta a contratação dos melhores serviços

Uma das melhores formas de evitar dores de cabeça é contratar profissionais qualificados para a reforma. Conte sempre com a melhor equipe de engenheiros, arquitetos, pedreiros e, principalmente, pintores. O investimento vale a pena, pois eles conseguem gerenciar e executar de forma eficiente em cada etapa do processo.

Para garantir uma excelente contratação, consiga referências sobre as empresas especializadas, cheque todos os serviços por elas prestados e saiba as opiniões das pessoas que já contaram com os trabalhos dessas empreiteiras.

Com as dicas aqui mencionadas, você descobriu que com planejamento, organização e contratação de serviços de qualidade é possível deixar que toda a reforma não se torne um grande problema. Caso você ainda tenha alguma dúvida ou queira fazer algum questionamento, deixe o seu comentário e participe da conversa!